Energia vital para dentro e para fora

Atualizado: Set 5

Nenhuma palavra que derive de “vida” pode ser menosprezada. Assim é com a VITALIDADE, essa virtude importante e sobre a qual falamos tão pouco. Afinal, para que possamos ser amorosos, presentes, generosos e criativos, precisamos ter energia. Essa força vital vem, é claro, dos alimentos que são o combustível para o nosso corpo. Por isso, é fundamental que cultivemos hábitos alimentares saudáveis, preferindo os alimentos naturais, orgânicos e minimamente processados.



Quando adotamos esse tipo de alimentação, os resultados aparecem em nossa pele, unhas, cabelos, até no brilho dos olhos. No entanto, essa não é a única nutrição que nos traz vitalidade.


Quando cultivamos e nos alimentamos de bons sentimentos, pensamentos e energia, nos enchemos de vida.

O resultado desse tipo de nutrição, diferentemente do que muitos acreditam, não é apenas interior (embora esse também seja fundamental). Quando nosso corpo e nossa alma estão nutridos pelo que a natureza e a vida nos oferecem de bom e construtivo, ficamos mais saudáveis e mais bonitos.


Conhece a beleza que as vitaminas nos oferecem?


Observe, como exemplo, as vitaminas A, C e E, que estão relacionadas com a beleza e integridade da nossa pele.

Quando nosso corpo está bem nutrido, elas nos ajudam a ter mais vitalidade. E, com essa energia, podemos continuar alimentando corpo e alma de maneira positiva, retroalimentando um sistema que só nos faz crescer.


A vitamina A exerce várias funções biológicas no organismo: é essencial para a visão, sistema imunológico, crescimento e diferenciação celular. Facilmente encontrada nos alimentos de origem vegetal e animal, é metabolizada na sua forma ativa (ácido retinoico).


O excesso ou a deficiência de vitamina A estão correlacionados com a alopecia, que é a perda de cabelos em partes da cabeça ou do corpo. Concentrações séricas elevadas de vitamina A aumentaram o percentual de folículos na fase anágena (de crescimento), prolongando o surgimento da haste capilar a partir da superfície da pele. A qualidade e a quantidade dos fios estão intimamente relacionadas às escolhas alimentares e, consequentemente, ao estado nutricional. É evidente que, em quadros de deficiências nutricionais por múltiplas razões, o crescimento do cabelo será comprometido.


A vitamina C ou ácido ascórbico é um nutriente com potencial antioxidante que tem papel significativo na prevenção e tratamento de algumas doenças e no bloqueio da ação dos radicais livres. É hidrossolúvel e possui benefícios para a pele quando utilizada tanto por via oral quanto tópica. Por via oral, é um importante antioxidante, combatendo os radicais livres, além de ser importante para a síntese de colágeno e atuar como regenerador da vitamina E. Participa da síntese de DNA e RNA, proteínas e tecido conjuntivo - sobretudo o colágeno, fundamental no processo de regeneração e cicatrização da nossa pele.


A vitamina C também atua na síntese de hormônios esteroides, na conversão do ácido fólico para sua forma ativa e melhora a absorção do ferro. É cofator das enzimas lisil e prolil hidroxilases, que participam da estabilização do colágeno na forma de tripla hélice, previne a oxidação do ferro presente nessas enzimas e evita a sua auto-inativação.


Sua ingestão parece interferir na integridade do tecido e do tônus vascular, metabolismo lipídico e pressão arterial, além de exercer efeito vasodilatador e anticoagulante pela alteração da produção de prostaciclina e outras prostaglandinas. Também pode ser benéfica na prevenção e tratamento de doenças crônicas. Embora a síntese e proliferação do colágeno sejam idade-dependente, a vitamina C pode melhorar esses processos e elevar a síntese de colágeno, e tem demonstrado inibir o eritema produzido pelos raios ultravioleta B. As melhores fontes alimentares da vitamina C são laranja, limão, abacaxi, kiwi, acerola, morango, goiaba e brócolis.


Passemos agora à vitamina E, que é lipossolúvel e tem ação antioxidante, protegendo as membranas celulares que contém selênio e enxofre, e trabalha de forma sinérgica com a vitamina C. Seus estoques devem ser continuamente repostos para que a estrutura do colágeno não seja comprometida, causando o envelhecimento cutâneo.


Sabemos que a radiação solar pode causar envelhecimento e o aparecimento de manchas na pele. Desse modo, a Vitamina E é um forte protetor da membrana celular, melhora a microcirculação cutânea, inibe a peroxidação dos lipídeos cutâneos ocasionado principalmente pelos raios ultravioletas B, tem seu efeito potencializado se administrado em conjunto com a vitamina C. As fontes alimentares mais ricas na vitamina são os óleos vegetais, gema de ovo, fígado e leite.


E assim, bem nutridos de vitaminas e sentimentos, podemos seguir adiante, levando nossa vitalidade e entusiasmo para todas as áreas de nossas vidas, que podem tornar-se, então, uma grande e promissora aventura.


Com entusiasmo, Vanessa Suzuki.

HOME     SOBRE     EVENTOS     BLOG     CONTATO

Vanessa Yuri Suzuki ME | CNPJ 24.330.590/0001-89

E-mail: contato@vanessasuzuki.com.br

  • Preto Ícone LinkedIn
  • YouTube
  • Preto Ícone Facebook
  • Instagram
  • Preto Ícone Spotify

© 2020 Vanessa Yuri Suzuki ME | Todos os direitos reservados